Site Overlay

Ioga promove a saúde do corpo e da mente

Ioga promove a saúde do corpo e da mente

A disciplina oriental mais conhecida no Ocidente não é apenas uma técnica para desenvolver o corpo: os efeitos da ioga se estendem às partes mais profundas da mente humana.

Nascida na Índia, há mais de 5000 anos, a ioga (ou ioga) é mais do que uma forma de atividade física: é uma verdadeira filosofia de vida e um método que contribui para desenvolvimento pessoal.

Ioga promove a saúde do corpo e da mente

 

O Yoga é considerado a primeira ciência psicológica do mundo, a primeira naturopatia e a precursora da medicina psicossomática. Ciência da saúde do corpo e da alma, uma coleção organizada de princípios místicos e metafísicos, cujas técnicas foram desenvolvidas ao longo de muitos séculos após cuidadosa experimentação com o objetivo de alcançar o desenvolvimento holístico do homem e ajudá-lo a ter uma atitude perante a vida capaz de melhorar o estado físico e mental O Yoga permite que você alcance um estado de relaxamento profundo, concentração, flexibilidade e força física. Seus efeitos também são perceptíveis na beleza, harmonia, alegria, serenidade e firmeza de seus seguidores.

Para praticar ioga e desfrutar de seus benefícios, não é necessário possuir qualidades especiais; não é preciso ser magro, ginasta ou contorcionista; Não é necessário adotar o vegetarianismo nem levar uma vida monástica; ainda menos é obrigatório iniciar-se em seus ensinamentos filosóficos. Pelo contrário: esta disciplina tem a vantagem de poder ser praticada em qualquer idade e em qualquer situação. As posturas – ou asanas – são adaptadas até mesmo para praticantes com lesão ou fraqueza física.

Os asanas realizam-se lentamente, sem esforçar o corpo nem efetuar movimentos bruscos, pelo que não há perigo de lesões. Trata-se, pois, de uma técnica singular, que atua como uma massagem benéfica para o sistema nervoso, aparelho respiratório, sistema circulatório e aparelho digestivo, entre outros.

Aprender a respirar

É importante aprender a respirar corretamente, ou seja, respirar de forma coordenada. Isso permite que o corpo e a mente relaxem, o que estimula a circulação sanguínea e aumenta o suprimento de oxigênio a todos os tecidos do corpo. A prática de Yoga previne a anquilose causada por inatividade, cansaço, postura incorreta e envelhecimento. Por outro lado, através da ioga consegue-se um corpo elástico e resiliente, com maior capacidade mental, concentração e atenção, bem como uma melhor memória, mais vontade e maior força de carácter.

Esta disciplina também ajuda a combater os transtornos mentais, porque as posturas de hatha ioga – a forma mais difundida no Ocidente – têm um efeito extremamente sedativo.

A introdução ideal para esta técnica é uma visita a um centro especializado no qual – sob a orientação de um mestre ou instrutor – você pode progredir lenta e gradualmente em seus conhecimentos. Em algumas escolas, a primeira série é uma experiência e, portanto, gratuita. O mestre começa ensinando um repertório de exercícios respiratórios e também algumas posturas que são precedidas de alongamentos para que o corpo ganhe flexibilidade. As aulas incluem momentos de relaxamento, importantes na ioga para liberar as tensões.

Como alternativa a um centro especializado, podemos praticar ioga de forma autodidata com bons livros e vídeos; Portanto, é necessário encontrar um local tranquilo e sossegado em casa e fazer os exercícios regularmente.

Poder terapêutico

A lista de distúrbios de saúde que a ioga pode aliviar é longa: artrite, osteoartrite, escoliose – desvio da coluna – ciática, dor nas costas, constipação, incontinência urinária feminina, insônia, problemas de próstata, obesidade, taquicardia, asma e doenças brônquicas, varizes, veias , doenças intestinais e hepáticas, etc.

Yoga também é indicado para dores mentais e emocionais, como memória e concentração insuficientes, medo, certos problemas nervosos, timidez ou melancolia.

Os idosos e os deficientes melhoram notavelmente quando praticam ioga. Menção especial também deve ser feita às mulheres grávidas que sofrem de vários distúrbios durante esses importantes nove meses, que não podem ser consideradas doentes ou incapazes de agir.

Yoga alivia a sensação de peso no corpo, pernas e formigamento nas mãos e pés. Sua ação local favorece a prevenção e eliminação da celulite e da obesidade.

Por outro lado, esta disciplina oriental ajuda os doentes terminais, nomeadamente os doentes com cancro. Suas técnicas de relaxamento dão à alma força para enfrentar a doença, a agonia e a morte com facilidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.