Site Overlay

Rotina diária na quarentena: a importância de manter os hábitos e como fazer isso

Rotina diária na quarentena: a importância de manter os hábitos e como fazer isso

 

Rotina diária na quarentena: a importância de manter os hábitos e como fazer isso

3.7 / 5 ( 3 votes )

 

  |  Tempo de leitura: 9 minutos

A rotina diária se modificou com a quarentena. Para alguns as mudanças podem não ter sido drásticas, para outros afetaram completamente a maneira como levavam a vida antes da pandemia de COVID-19.

O ritmo da vida parece ter ficado mais lento, não é?

As saídas diminuíram, os encontros amorosos migraram para o ambiente virtual, as viagens cessaram e os churrascos de domingo precisaram ser suspensos por um tempo. Com a flexibilização das restrições em diversos locais do Brasil, aos poucos esses hábitos estão retornando, mas não como eram antes.

No meio de tudo isso, é normal ficar perdido e ceder à tentação de desacelerar por completo. Apesar de ser necessário dedicarmos tempo para o autocuidado, sair da rotina de forma abrupta ou dissolvê-la por completo é prejudicial para a nossa saúde mental.

Como a rotina diária influencia a saúde mental

A maneira como iniciamos e terminamos cada dia influencia diretamente todas as áreas de nossa vida. Rotinas produtivas são essenciais para quem deseja alcançar o sucesso e sentir-se bem diariamente.

Pessoas que têm dificuldade para estabelecer uma rotina geralmente não gostam da repetição de tarefas e atividades. Elas se sentem presas em um ciclo sem espaço para a criatividade e espontaneidade. Manter uma rotina diária, no entanto, não precisa ser aprisionador.

É possível modificar pequenos aspectos aqui e ali para acomodar as excentricidades de cada personalidade. Para a saúde mental, os benefícios da rotina são pontuais. Veja-os abaixo:

Ajuda a administrar as emoções que surgem com as mudanças 

Nesse contexto, a rotina é a principal aliada do tempo. Você provavelmente já ouviu o ditado popular “o tempo cura todas as feridas”. Ele contém uma verdade sábia, pois os problemas tendem a perder a grandeza com o passar dos anos.

Os afazeres desempenhados na rotina diária aceleram esse processo, proporcionando formas de distração saudáveis dos sentimentos ruins. Não é uma forma de negação, mas um auxílio para nos acostumarmos com as mudanças em nossas vidas.

Contribui para a formação de hábitos

Quebrar hábitos antigos para formar novos e mais saudáveis é um processo demorado. Os seres humanos aprendem pela repetição. É assim que aperfeiçoamos habilidades e, também, consolidamos hábitos novos.

Por vezes, a nossa saúde mental pede por uma mudança radical em nosso modo de vida, como a prática de exercícios físicos e alimentação desequilibrada, adoção de práticas para reduzir a ansiedade (meditação, yoga, exercícios de respiração), e inclusão de atividades prazerosas para balancear os compromissos profissionais.

Na maioria das vezes, precisamos de somente 15 minutos diários para criar um hábito mais saudável. Conseguimos seguir com a mudança nos primeiros dias, mas logo voltamos ao padrão de comportamento antigo.

Planejar o dia ou a semana é o empurrãozinho que precisamos para, enfim, adotarmos um estilo de vida mais sadio.

Reduz os níveis de estresse

O grande volume de tarefas diárias pode nos aborrecer de vez em quando. Há dias em que, para riscar todos os itens da lista de pendências, é necessário correr de um lado para o outro, fazer ligações, mandar e-mails, organizar diversos cômodos, entre outros. Desse modo, fica mais difícil controlar o estresse.

A rotina diária padroniza alguns de nossos comportamentos. Assim, não sentimos a necessidade de pensar neles constantemente e focamos no que realmente é importante. Esse é o lado positivo do “piloto automático”.

Rotina diária na quarentena: a importância de manter os hábitos e como fazer isso

Além disso, o planejamento feito no início de cada dia ou de cada semana nos ajuda a ter um panorama geral do que precisamos fazer, reduzindo o estresse dos momentos de adivinhação e tomadas de decisão.

Ajuda a equilibrar o relógio biológico do corpo

Dormir e acordar sempre no mesmo horário ajuda o nosso corpo a produzir os hormônios para ajudar no seu funcionamento. Por exemplo, dormir por um longo período durante o dia pode ter se tornado comum na quarentena. Mas, para o organismo, esse hábito não é totalmente bom.

Longos cochilos diurnos atrapalham a produção do hormônio do sono, a melatonina, e interferem no ciclo do sono. Dormir muito tarde com muita frequência, sempre de madrugada, causa o mesmo efeito. Em ambos os casos, o corpo pode não relaxar da forma que deveria.

Já o despertar deve ser feito, preferencialmente, no mesmo horário ou em horários semelhantes. Acordar interfere na produção e liberação do cortisol, hormônio do estresse. Quando acordamos cedo, ele é liberado de forma gradual ao longo do dia, como deveria ser, e ainda auxilia no controle dos níveis de açúcar e regula o metabolismo.

No cenário oposto, já que é liberado somente no meio do dia, os níveis de cortisol tendem a ficar elevados por mais tempo. Logo, ficamos irritadiços e sem energia durante o dia. A rotina diária é capaz de regular todas essas alterações.

Como manter a rotina diária na quarentena

A quarentena abre portas para muitas tentações: comer mais (e mais alimentos gordurosos e açúcares), ficar acordado até tarde por não precisar acordar cedo, aproveitar o maior tempo livre durante o dia para cochilar e descansar mais em frente à TV. No entanto, não podemos cair em todas elas. Caso contrário, poderemos afetar a nossa saúde mental sem perceber.

É possível fazer todas as coisas prazerosas que gostamos sem exagerar ao estipular uma rotina diária. Para que ela funcione bem, é necessário equilibrar as doses de trabalho e compromissos, e as doses de diversão e de descanso. Se notar que está pendendo muito para um lado, reformule a sua rotina para que ambas as aéreas sejam contempladas. Desse modo, você previne excessos nocivos à saúde mental e física.

Para ajudá-lo a encontrar a melhor rotina diária para você na quarentena, separamos algumas dicas. Caso não se sinta bem ao reproduzir uma ou duas delas, modifique-as para se encaixar em seu estilo de vida e personalidade. Assim, você combate aquele pensamento de “ter rotina é chato” e adota melhores hábitos.

Desenvolva uma rotina para adormecer

É importante criar um ritual ou manter os hábitos noturnos noturna. Para adormecer mais rápido e melhor, desligue os aparelhos eletrônicos pelo menos uma hora antes. Se estiver trabalhando à noite, pare duas horas antes de se deitar.

Estabeleça um horário para dormir durante a semana e outro para os finais de semana. Tudo bem você não segui-lo uma vez ou outra devido a compromissos ou um período a mais de diversão ou trabalho, mas preferencialmente deite-se todos os dias no mesmo horário.

Faça atividades leves antes de dormir, como ler, escrever como foi o dia ou definir as pendências para o próximo, e ouça sons relaxantes para ajudar o corpo a perder a tensão. Perfume o quarto se o aroma ajudar a dormir!

Crie uma rotina ao acordar

Rotina diária na quarentena: a importância de manter os hábitos e como fazer isso

A rotina matinal é mais fácil de manter por envolver os mesmos hábitos de higiene para a maioria das pessoas, como escovar os dentes, tomar banho, maquiar-se, no caso das mulheres, e se vestir para trabalhar.

Mesmo se você estiver em home officeescolha uma roupa adequada para entrar no “modo trabalho”. Arrumar-se apropriadamente aumenta a motivação e a produtividade, pois o cérebro associa aquele momento à hora de produzir.

Por fim, estabeleça um ou mais objetivos para o dia. Esse passo é importante para mantê-lo animado e disposto a concluir os afazeres.

Analise os seus hábitos alimentares

Como você está se alimentando na quarentena?

Se possível, consulte um nutricionista para montar um plano alimentar saudável ou tente uma reducação alimentar por conta própria, reduzindo os alimentos gordurosos e cheios de açúcares. Uma dica para aproveitar o seu tempo é planejar as refeições aos domingos e prepará-las com antecedência durante a semana.

Estabeleça uma rotina de exercícios/atividades físicas

Escolha o melhor momento entre os seus compromissos para movimentar-se. Se for muito atarefado, tudo bem! Somente 20 minutos de exercício ou atividade física de sua escolha, como corridas ou caminhadas, são necessários para sentirmos os benefícios.

Claro que, se não se sente confortável para sair, pode iniciar uma série de exercícios em casa. Há muitas indicações na internet e você com certeza encontrará algo que agrade!

Desenvolva uma rotina para cuidar dos filhos

É importante dedicar tempo aos filhos e à família. Estabelecer um momento próprio para brincadeiras e interações entre os membros é uma forma de educar, especialmente os pequenos, sobre em quais horários os pais estão disponíveis.

Defina horários para trabalhar em casa (caso não tenha)

Trabalhar em home office requer disciplina para que o trabalho não aconteça em períodos muito espaçados ou indesejados. Mesmo em casa, o recomendado é seguir o horário comercial das empresas e dos estabelecimentos.

Encontre tempo para você

Por fim, o mais importante: definir um momento em sua rotina diária para cuidar de você. Uma dica são os horários antes de dormir ou após o despertar. Nesse momento de autocuidado, aproveite para descansar, relaxar, ler algo interessante, aprofundar-se no autoconhecimento ou fazer o que você gosta, sem pensar em obrigações.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *